quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Geração Extravagante?

















Vejo uma geração se autodenominando extravagante.
Vejo uma geração pregando... “Somos a geração do evangelho do reino. Somos a geração que não se dobra. Somos a geração que condena o evangelho pop, o gospel e todos os erros da igreja. Somos a geração de profetas.”
Vejo uma geração que não só aponta erros como julga e condena seus irmãos.
Vejo uma geração que está preocupada em discipular e ganhar almas, mas não porque amam o Reino e sim para divulgar seus feitos nas redes sociais.
Vejo uma geração que ama aplausos e condena todos que discordam de suas ideias.
Vejo uma geração que subiu a um novo patamar e de onde está não se preocupa em fazer o certo, mas em condenar o errado.
Vejo uma geração competindo entre si. Porque essa geração crê na salvação pelas obras e não por dom de Deus. Uns dizem... “Eu evangelizo, cuido de órfãos e viúvas.” E o outro diz... “Eu faço isso e ainda ensino novos convertidos.”

Geração de Cristo, vocês querem ser extravagantes? Comecem a pregar dentro dos prostíbulos, dos guetos, das comunidades, dos centros sociais, das boates, dos meios políticos, das emissoras de televisão, dos grandes shows, do carnaval, das partidas de futebol, das olimpíadas, das copas ao redor do mundo... Comecem a invadir lugares nunca alcançados.
Geração extravagante seja louca não para pular e gritar dentro dos templos e plataformas, mas seja louca para tocar o coração de Deus.

“Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.” - João 4 versículo 23

Geração de Cristo, vocês querem pregar o evangelho do Reino? Comecem a entender o que vocês criticam e condenam.

Pop é uma abreviação britânica que significa popular. Você conhece um evangelho mais pop do que o de Jesus?

“Naquela hora Jesus, exultando no Espírito Santo, disse: Eu te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos e as revelaste aos pequeninos. Sim, Pai, pois assim foi do teu agrado.” – Lucas 10 versículo 21

Gospel é uma palavra bitânica que significa Evangelho. Evangelho significa boas novas. Quando digo que um ritmo é gospel, eu digo... Este ritmo prega o evangelho.
Como posso menosprezar o que me alcançou?

Quantos de nós somos frutos de pregadores, cantores e movimentos que hoje condenamos? E condenamos fazendo as mesmas coisas.

Condenamos o evangelho dito pop e gospel e apenas trocamos o nome. A moda hoje é... ”Eu só ouço música do reino, só faço cultos do reino, congrego em uma igreja do reino, bebo bebida do reino... E comida? Só com pimenta... Do reino...”
O Evangelho do Reino é aquele que agrega e não divide. Aprendam a lição do Senhor.

“Jesus conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: Todo reino dividido contra si mesmo será arruinado, e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não subsistirá.” – Mateus 12 versículo 25.

Você enxerga erros, faça o certo. Pois quem convence o homem? Você ou o Espírito Santo?

Todos querem ser profetas, apóstolos e pastores. Não se esqueçam de que existem cinco ministérios e eles em conjunto transformam nações.
Procure o seu e o exerça com excelência, pois os ministérios não se manifestam por grau de importância, mas por excelência de seu exercício. Quer seja mestre, evangelista, apóstolo, pastor ou profeta...
Não há falha em apontar os erros, pois isso é bíblico. A falha está na condenação e julgamento. Lembre-se do que Paulo nos ensinou:


“Aceitem o que é fraco na fé, sem discutir assuntos controvertidos. Um crê que pode comer de tudo; já outro, cuja fé é fraca, come apenas alimentos vegetais. Aquele que come de tudo não deve desprezar o que não come, e aquele que não come de tudo não deve condenar aquele que come, pois Deus o aceitou. Quem é você para julgar o servo alheio? É para o seu senhor que ele está em pé ou cai. E ficará em pé, pois o Senhor é capaz de o sustentar.” – Romanos 14 versículos 1 ao 4


Geração de Cristo, vocês querem ser reconhecidos? Preocupem-se em ocultar seus feitos. Pois quem receber glória nesta terra, já recebeu seu galardão, mas aquele que não busca recompensas terrenas receberá seu galardão no céu. Como a Palavra nos adverte:

“Tenham cuidado de não praticar suas ‘obras de justiça’ diante dos outros para serem vistos por eles. Se fizerem isso, vocês não terão nenhuma recompensa do Pai celestial. Portanto, quando você der esmola, não anuncie isso em trombetas, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, a fim de serem honrados pelos outros. Eu lhes garanto que eles já receberam sua plena recompensa. Mas quando você der esmola, que sua mão esquerda não saiba o que está fazendo a direita, de forma que você preste sua ajuda em segredo. E seu Pai, que vê o que é feito em segredo, o recompensará.” Mateus 6 versículos 1 ao 4

Geração de Cristo querem praticar sua eloquência e poder de persuasão? Comecem a pregar aos perdidos e anticristãos ao seu redor.

“O objetivo desta instrução é o amor que procede de um coração puro, de uma boa consciência e de uma fé sincera. Alguns se desviaram dessas coisas, voltando-se para discussões inúteis, querendo ser mestres da lei, quando não compreendem nem o que dizem nem as coisas acerca das quais fazem afirmações tão categóricas.” – 1º Timóteo 1 versículos 5 ao 7

Geração de Cristo vocês querem apontar os erros? Comecem a ensinar a Verdade.

“Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos.” – Mateus 28 versículos 19 e 20.

Geração de Cristo vocês querem ser salvos? Comecem a pedir graça.

“Assim, hoje, também há um remanescente escolhido pela graça. E, se é pela graça, já não é mais pelas obras; se fosse, a graça já não seria graça.” – Romanos 11 versículos 5 e 6

Se realmente queremos extravagância em Deus, precisamos entender que não existe maior extravagância do que morrermos para nossas vontades, para que Ele reine soberano, guiando-nos em santidade, amor e fidelidade.

Quem sabe Ele não queira a faculdade que você tanto quer. Quem sabe Ele não queira o carro que você tanto quer. Quem sabe Ele não queira o país que você tanto almeja em missões. Quem sabe Ele não queira a forma de adoração que você presta. Quem sabe Ele não queira o trabalho que você está. Quem sabe Ele não queira os filhos que você quer. Quem sabe Ele não queira o ministério que você escolheu. Quem sabe Ele não queira inúmeras outras coisas em você... Quem sabe?

Desejamos verdadeiramente a extravagância em Deus? Estamos dispostos a abandonar nossas vontades, sonhos, objetivos e conceitos para que Ele reine? Ou será que somos apenas a geração que acha extravagante criticar, apontar, julgar, gritar e pular?
Esta geração extravagante é a mesma geração de Estevão, de Pedro, de João, de Perpétua e Felicidade, de Policarpo e tantos outros?

Quer ser extravagante? Renuncie a si mesmo e comece perguntar a Ele, quais são Suas vontades... Mas atenção... Nem sempre Ele te responderá como você espera.
E é por isso que João 4:23 diz que Ele está a procura dos tais que assim O adorem.

Uma geração extravagante tem muito mais que uma língua afiada e um dedo apontado. Uma geração extravagante não tem nada e tem Tudo. Esvazia-se de si, para que Ele cresça.
Geração extravagante? Geração como a de João Batista...

É essa geração extravagante que Ele procura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário