sábado, 17 de setembro de 2011

Fruto da Independência














Gênesis 2 versículos 7, 16, 17, 21 ao 25 e Gênesis 3 versículos 5 ao 10, 15, 16, 18 e 20.

E formou o SENHOR Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente.
E ordenou o SENHOR Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente,
Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.
Então o SENHOR Deus fez cair um sono pesado sobre Adão, e este adormeceu; e tomou uma das suas costelas, e cerrou a carne em seu lugar;
E da costela que o SENHOR Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão.
E disse Adão: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; esta será chamada mulher, porquanto do homem foi tomada.
Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma só carne.
E ambos estavam nus, o homem e a sua mulher; e não se envergonhavam.
E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela.
Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; e coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.
E ouviram a voz do SENHOR Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; e esconderam-se Adão e sua mulher da presença do SENHOR Deus, entre as árvores do jardim.
E chamou o SENHOR Deus a Adão, e disse-lhe: Onde estás?
E ele disse: Ouvi a tua voz soar no jardim, e temi, porque estava nu, e escondi-me.
E Deus disse: Quem te mostrou que estavas nu? Comeste tu da árvore de que te ordenei que não comesses?
E disse Deus à mulher: Multiplicarei grandemente a tua dor, e a tua conceição; com dor darás à luz filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará.
E a Adão disse: Porquanto deste ouvido à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei, dizendo: Não comerás dela, maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida.
No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que te tornes a terra; porque dela foste tomado; porquanto és pó e em pó te tornarás.
E fez o SENHOR Deus a Adão e à sua mulher túnicas de peles, e os vestiu.


Ouve-se um grito em nossa geração. E não é de arrependimento e sim de INDEPENDÊNCIA!
No dia sete de setembro comemoramos cento e oitenta e nove anos de INDEPENDÊNCIA. Onde as margens do rio Ipiranga Dom Pedro I declarou:

“Independência ou morte.”

Que espécie de vida a INDEPENDÊNCIA pode gerar?
É bom para o homem ser capaz de decidir seus caminhos?
A DEPENDÊNCIA pode ser vista como morte?

Imagine uma criança de sete anos que ao ser contestada pelos pais responde da seguinte forma:

“Quando fizer dezoito anos vou sair de casa pra fazer o que quero.”

De onde vem esse desespero pela INDEPENDÊNCIA?
De onde vêm esses planos e convicções que parecem preceder nosso entendimento?

Buscando por respostas comecei a analisar a queda do homem. E quase que impulsivamente fiz a seguinte pergunta a Deus:

“-Por que o homem foi destituído de Sua glória, apenas por comer um fruto proibido?”

E Sua reposta foi:

“Filho, não foi porque comeram o fruto e sim porque escolheram a INDEPENDÊNCIA.”

Imagine uma criança de um a dois anos correndo nua pela casa... Ela não pede roupas ou se sente incomodada. E por quê?
Porque não tem consciência que está nua.
Leve uma criança ao alto de uma casa e peça que ela pule que você irá segura-la. Ela pula, porque confia que você não a deixará cair.
As primeiras palavras que a criança aprende reproduzem o som dos pais.

“Diga filho(a): MA-MÃE”

E ele(a) repete:

“MA-MÃE.”

Os primeiros passos ela aprende segurando as mãos do pai.
DEPENDE dele para comer, se trocar, dormir...

Essa DEPENDÊNCIA diminui à medida que a criança cresce e aprende a fazer tudo sozinha...
Então já tem vergonha de ficar nua. Não acredita que você será capaz de segurá-la caso se jogue de um alto lugar. Ela não precisa mais das suas mãos enquanto anda. Não precisa de suas mãos pra servi-la enquanto come. Não precisa mais de suas opiniões sobre as roupas que vestirá. Não precisa mais que você a acompanhe ao banheiro.
A cada ano que passa a sua INDEPENDÊNCIA a chama pro centro de sua própria vontade e mais distante do que o pai sonhou.

Adão e Eva eram crianças no jardim. Eles DEPENDIAM em tudo do Pai.
Corriam nus pelo jardim e não tinham consciência disso...
Tudo que faziam era o que viam o Pai fazer. Cada passo que davam, copiavam o Pai.
Suas primeiras palavras vinham de ouvir o Pai falar...
Todos os seus conceitos estavam em Seu Pai...

Mas Eva foi seduzida pelas doces palavras da INDEPENDÊNCIA...
Por que não ser igual ao Pai?
Por que não escolher seu próprio caminho?
Por que não conhecer lugares além do jardim?
Por que não fazer coisas pra si?
Por que não? Por que não?

Naquele fruto, o homem escolheu sua INDEPENDÊNCIA. E como conseqüência, saiu da casa do Pai. Teve que trabalhar para se sustentar... Comer através do seu próprio suor...

“-Pai, já não dependo de você. Hoje já sei fazer tudo sozinho(a). Você já não é mais necessário. Escolho trilhar meu próprio caminho e escolher o bem e o mal, conforme minhas próprias conveniências.”

Foi exatamente isso que Adão e Eva disseram a Deus ao comer do fruto.
Desde então essa atitude se repete a cada geração...

Veja a própria geração de Adão...
Caim matou Abel. E decidiu ceifar-lhe a vida porque seu conceito de bem e mal foram influenciados por um sentimento corriqueiro de ciúmes.
Será que Caim ao ser marcado por Deus e andar fugitivo por toda a Terra se gloriou em sua INDEPENDÊNCIA?

Veja a geração de Noé:
Davam-se em casamentos e cometiam pecados inimagináveis.
Zombavam de Deus ao ponto d’Ele arrepender-se de havê-los criado...
Suas escolhas estavam corrompidas pelos seus conceitos e visões.
E quando Noé e sua família entraram na Arca e as águas subiram, como a INDEPENDÊNCIA do povo os pode salvar?

Veja a nossa geração:
Prostituição, pedofilia, drogas, sexo ilícito, glutonarias, perversão, descrédito em Deus, pornografia, traição, bigamia, morte, roubo, mentiras...
Será que essa vida de total descontrole é realmente INDEPENDÊNCIA?
Será que nossos planos de vida não estão baseados nos próprios conceitos de bem e mal?

O homem não foi feito para ser INDEPENDENTE porque sua capacidade de escolha está influenciada por sua imaturidade.

Em meio a tantos conceitos de liberdade e INDEPENDÊNCIA, houve um homem que nos arremeteu de novo a Adão. Seu nome é Yeshua, Jesus Cristo. Através d’Ele o homem tem a oportunidade de retornar a total e necessária DEPENDÊNCIA do Pai.

1º Coríntios 15 versículo 22

Porque, assim como, em Adão, todos morreram, assim também todos serão vivificados em Cristo


Uma amiga certa vez, entrou em sua denominação, onde iria ministrar a Palavra, vestindo uma coroa de ouro.
As pessoas perguntavam sobre a coroa e ela fingia não saber do que estavam falando.
Subiu no púlpito, pregou e ao término da ministração começou a dizer:
“-Vocês devem estar se perguntando, o por quê dessa coroa. Eu respondo:
Eu mereço. Afinal eu sou missionária. Estou em todos os ensaios dos jovens. Participo do encontro das mulheres. Dedico-me em tudo que sou responsável. Eu mereço uma coroa de ouro.
Vocês estão escandalizados? – disse ela.
Pois saibam que vocês fazem o mesmo todos os dias das suas vidas. Mas eu tenho algo pra dizer a vocês nessa noite."
"EU NÃO ME ATREVO A USAR UMA COROA DE OURO NA TERRA QUE MEU SENHOR USOU UMA DE ESPINHOS.” - Ana Cristina Inspirada na citação de Charles Spurgeon

João 15 versículo 20a
Pode um servo ser maior que o seu senhor?

Filipenses 2 versículos 5 ao 11
De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,
Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até a morte, e morte de cruz.
Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome;
Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,
E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.


Existe um padrão de FILHO no céu e este Padrão se chama Jesus.
Se desejarmos um novo patamar em nossas vidas com o Pai, precisamos ser mais semelhantes a Jesus.
Precisamos enxergar que Ele veio consertar os atos gerados por Adão através de sua desobediência. Assim como Adão e Eva escolheram "ser sua própria referência de bem e mal," Jesus escolheu ter Sua referência no Pai. Porque Ele sabe que não há como sermos FILHOS sem termos nossas vidas completamente espelhadas em TUDO que faz o Pai.

João 4 versículo 34
Jesus disse-lhes: A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou, e realizar a sua obra.

João 8 versículo 38
Eu falo do que vi junto de meu Pai, e vós fazeis o que também vistes junto de vosso pai.

queremos ser imagem e semelhança do Pai?

Quantas vezes você acordou e disse a Ele: “Pai aonde o Senhor quer ir? Com quem o Senhor quer falar? Que tipo de mensagem o Senhor quer passar?”

Será que sua vida tem a incumbência de fazê-Lo conhecido ou ser reconhecido?
Sua vida tem objetivo de incluí-Lo nos seus planos, ou torná-Lo Seu ÚNICO Plano?

João 8 versículo 28
Disse-lhes, pois, Jesus: Quando levantardes o Filho do homem, então conhecereis quem eu sou, e que nada faço por mim mesmo; mas falo como meu Pai me ensinou.

Reaprenda a andar.
Reaprenda a falar.
Reaprenda a comer.
Reaprenda a se vestir.
Reaprenda a amar.
Reaprenda a ouvir.
Reaprenda a ceder.
Reaprenda a sentir.
Reaprenda a sorrir.
Reaprenda a chorar.
Reaprenda a confiar.
Reaprenda a discernir.
Reaprenda a ser FILHO.
Reaprenda a DEPENDER.

João 5 versículo 19
Mas Jesus respondeu, e disse-lhes: Na verdade, na verdade vos digo que o Filho por si mesmo não pode fazer coisa alguma, se o não vir fazer o Pai; porque tudo quanto ele faz, o Filho o faz igualmente.

João 5 versículo 30
Eu não posso de mim mesmo fazer coisa alguma. Como ouço, assim julgo; e o meu juízo é justo, porque não busco a minha vontade, mas a vontade do Pai que me enviou.

Como diz um ministério de amigos chamado Adoração Evangelística: "Preciso ouvir Sua voz e corresponder ao Seu chamado."
Se nossa geração aprender a ouvir a voz do Pai e corresponder com Tudo que Ele tem feito, seremos a geração mais impactada de toda a história.

DEPENDER do Pai é como se lançar em um rio e o deixá-lo te levar. À medida que o leva, a sensação se torna mais atemorizante. Afinal você não está no controle. Há uma grande vontade de nadar e retomar o controle. E à medida que você vê pedras teme mais ainda. Mas se deixar o rio te levar, você chegará ao mar.

Como Jesus disse a Nicodemus, é preciso nascer de novo. Sermos crianças que nada sabem, mas que apenas reproduzem o que faz o Pai.

João 3 versículo 3 e 7
Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.
Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo.


Mateus 18 versículos 1 ao 6
Naquela mesma hora chegaram os discípulos ao pé de Jesus, dizendo: Quem é o maior no reino dos céus?
E Jesus, chamando um menino, o pôs no meio deles,
E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos fizerdes como meninos, de modo algum entrareis no reino dos céus.
Portanto, aquele que se tornar humilde como este menino, esse é o maior no reino dos céus.
E qualquer que receber em meu nome um menino, tal como este, a mim me recebe.
Mas, qualquer que escandalizar um destes pequeninos, que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma mó de azenha, e se submergisse na profundeza do mar.


Mateus 19 versículo 14
Jesus, porém, disse: Deixai os meninos, e não os estorveis de vir a mim; porque dos tais é o reino dos céus.

Efésios 1 versículo 5
E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o favor de sua vontade,

Na DEPENDÊNCIA do Pai.
Shalom Adonai